filmes de terror

Filmes de Ficção-científica

Filmes de comédia

Filmes de Aventura

Filmes de drama

Filmes de suspense

Filmes adolescentes

Filmes de ação

Clássicos

Filmes baseados em fatos reais

Filmes de Faroeste

Filmes de Animação

Franquias

Lançamentos

Filmes épicos

Filmes de fantasia

Filmes de romance

Filmes de Policial

Filmes de mistério

Filmes de Guerra

series de televisão

Notícias

Em breve

Especiais

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Riverdale, esperada adaptação televisiva do canal The CW de Roberto Aguirre-Sacasa e Greg Berlanti dos quadrinhos Archie Comics que é uma inovação e modernização de pura nostalgia de tirar o o fôlego de qualquer um que assistir!

Bom dia, meus amigos, hoje tenho uma nova crítica para vocês da nova serie do canal aberto americano The CW, que é a esperada adaptação televisiva dos quadrinhos adolescentes americanos Archie Comics (ou seja, dos famosos personagens adolescentes que surgiram na década de 40 e ganharam um desenho animado na década de 60) e são eles Archie, Betty, Verônica, Jughead e muitos outros personagens da cidade de Riverdale, que surgiram e conquistaram muitos fãs depois de seu surgimento, e agora os clássicos personagens das revistas em quadrinhos ganharão uma adaptação televisiva com atores reais do canal aberto americano The CW, que estreou nesta quinta-feira dia 26 de janeiro de 2017, mas se vocês esperavam ver uma comédia adolescente, pois estão muito enganados, pois a serie de televisão dos personagens é mais dark e sombria.
A adaptação televisiva do canal aberto americano The CW dos quadrinhos Archie Comics, é uma mistura das series Dawson's Creek e Twin Peaks, porque essa mistura dá uma sensação de nostalgia e inovação para o canal aberto americano The CW, para aqueles que leram os quadrinhos da turma do Archie e seus personagens na juventude percebem que eles se envolviam em muitas aventuras e confusões, mas a nova versão para a televisão traz uma trama mais adulta, dark e melancólica de nostalgia para esses personagens clássicos dos quadrinhos, de tirar o fôlego, que vou explicar mais a frente no decorrer da crítica.
O episódio-piloto da serie é chamado chapter one: The River's Edge, os títulos dos episódios vão ter homenagens de filmes clássicos, como no caso do primeiro episódio da serie mencionado acima que faz uma homenagem ao filme de 1986 de mesmo nome estrelado por Keanu Reeves, Crispin Glover e Dennis Hopper que conta a história de um grupo de adolescentes que ficam envolvidos em um assassinato de um dos seus colegas, é uma característica da história do filme que foi identificada no início da serie e nos seus personagens principais.
E ainda o mesmo traz esse mesmo clima de nostalgia adolescente dos bons, e posso dizer que as mentes criativas por traz da serie, adaptaram famosas histórias em quadrinhos adolescentes da década de 40, que depois ganharam desenhos animados, e agora em 2017, ganharam uma serie com atores reais, e essa mesma adaptação televisiva dar de inspiração de series adolescentes que são Dawson's Creek e Twin Peaks, com estilo da serie Pretty Little Liars, mas melhorado, com estilo das series da década de 90, mas isso não significa que a serie se passa em décadas anteriores, mas se passa nos dias atuais, e com aquele clima de mistério e tensão no ar, porque falar a verdade a adaptação televisiva do canal aberto americano The CW dos quadrinhos da Archie Comics, foram elaborados com muita precisão e adaptando as histórias dos clássicos personagens adolescentes das revistas americanas para um clima de mistério noir adolescente no estilo de Eu Sei Que Vocês Fizeram no Verão Passado, mas foi assim que a serie começou de uma forma intrigante com uma homenagens aos clássicos de mistério e suspense adolescente, mas ainda termina por aqui, têm muito mais coisas que o episódio estreia ofereceu, e vou compartilhar com vocês na crítica de hoje.
Além disso, a adaptação televisiva não é só um drama de mistério adolescente como também é uma história de amadurecimento e crescimento pessoal, que vocês verão quando forem assistir a serie, mas que isso foi estabelecido nos primeiros minutos da estreia da serie, onde ela começa de uma forma bem simples onde mostra a cidade-título, ou seja, onde todos os eventos da serie vão se passar, e nela temos a entrada do narrador-personagem que ele descreve a cidade em que vive junto com os outros personagens como um lugar calmo, pequeno e quieto onde a paz não tem fim, mas tudo muda quando um acontecimento muda dela e de todos que moram nela, e tudo têm a haver com o casal de gêmeos Jason e Cheryl Blossom (o menino e a menina de ouro da cidade pequena) que uma manhã de 4 julho bem cedo foram para um passeio de canoagem, e estava um raio de sol, mas tudo muda de repente quando um dos gêmeos é encontrado e outro foi dado como desaparecido, e com isso a cidade têm vida mudada de cabeça para baixo com esse acontecimento, e também os habitantes locais fazem uma espécie de luto após esse grande e trágico acidente, e aqui que a história de uma cidade perfeita e pequena vai mudar com a revelação de segredos obscuros e sombrios escondidos na fachada saudável da cidade e de moradores locais.
O clima do episódio piloto da serie Riverdale é uma mistura de Pretty Little Liars com Teen Wolf com 47 minutos de duração de pura nostalgia, após o acontecimento do verão passado, a cidade declara luto pelo rapaz morto, mas a vida se segue, mas com mais uma mudança repentina na pacata cidade de Riverdale, a primeira delas é a chegada de uma nova garota a cidade junto com sua mãe vinda de Nova Iorque, e tudo já é mostrado de cara no começo da serie, além do roteiro bem elaborado e trabalhado, a serie deu um grande passo a frente nos personagens principais que foram se construindo após um verão na cidade e eles decidem que o novo ano escolar é o novo começo para novas coisas, por exemplo: novos sonhos, novas paixões, novos começos e até novas amizades, e assim tudo isso foi definido no episódio de estreia da serie, a serie também é uma história de amadurecimento e crescimento, porque já logo de cara vemos a situação de cada um dos personagens passa, quando a serie começa, vamos ver primeiro conhecemos o protagonista da serie que é Archie que é um rapaz de 16 anos do ensino médio que após um verão trabalhando na empresa de seu pai, descobriu que quer um novo começo, ou seja, que não quer seguir os mesmos passos de seu pai, e sim trabalha na música que se tornou sua nova inspiração, depois conhecemos a Betty (amiga e vizinha de longa data de Archie) ela quer levar o relacionamento deles mais a frente, depois conhecemos Veronica que é uma jovem que se muda de Nova Iorque com sua mãe após um acontecimento ruim acontecer na família delas, para elas a cidade é o novo começo e depois temos Josie e as Gatinhas em novo estilo, depois temos a Cheryl Blossom (irmã gêmea de Jason) que é também a abelha-rainha da escola que como já vimos em outras filmes e series adolescentes ela é do grupo popular e que gosta de fazer a vida dos outros um inferno, e no final do episódio conhecemos o narrador-personagem da serie que é Jughead que nessa nova versão é um lobo solitário e sombrio que está Escrevendo um livro no seu notebook, o que vamos descobrir logo de cara no episódio-piloto que ele vai narrar os fatos misteriosos que acontecem na cidade.
Uma das coisas que se saiu muito bem no episódio-piloto da serie como a trama principal, foram seus personagens do elenco principal a maioria deles são rostos desconhecidos que nunca vimos na televisão antes, mas o único conhecido é o ator americano Cole Sprouse, que é conhecido na nossa juventude que interpretou uma das series juvenis famosas ao lado do seu irmão gêmeo Dylan Sprouse, mas o elenco dos atores desconhecidos como K. J. Apa, Lili Reinhart, Camila Mendes, Madelaine Petsch, Ashleigh Murray, Casey Cott são parte do elenco promissor da serie para a nova geração, porque os atores e atrizes que interpretaram os personagens dos quadrinhos na serie do canal aberto americano The CW, já tinham as características e as personalidades dos personagens o que ficou muito evidente em todo episódio de estreia e vamos descrição de cada um dos personagens para vocês entenderem porque a serie têm aquele ar de nostalgia e é uma história de crescimento amadurecimento, e eu convido vocês para verem meu ponto de vista de cada um dos personagens principais.
Archie: o protagonista da história da serie, no episódio de estreia, ele volta de um verão trabalhando na empresa de seu pai, mas depois de viver um verão controverso, ele decide mudar seu caminho que é a música, mas também no mesmo episódio vemos que ele um jovem indeciso e imaturo que está buscando ainda sua identidade no mundo adolescente, e nos momentos do episódio-piloto vemos que ele tem o peso no mundo nas suas costas, e por isso se sente bastante inseguro em relação algumas como até relacionamento.
Betty: é uma jovem que têm fama de ser a garota perfeita, que é a aluna e filha perfeita ainda quando se trata de conviver em uma relação tensa com sua mãe controladora, no início vemos Betty como uma pessoa que não se impõem e que deixa os outros levarem vantagem sobre você, ou seja, ela uma jovem que têm medo de se impor às outras pessoas que é facilmente controlada, mas isso aos poucos vai se quebrando e vemos que ela está cansada de fazer o que as pessoas impõem na vontade delas, e ainda no mesmo episódio vemos que ela demonstra ter um relacionamento tenso com sua mãe que envolve a sua irmã mais velha Polly.
Veronica: é uma jovem que muda recentemente com sua mãe da cidade grande de Nova Iorque para a pequena cidade de Riverdale, após um escândalo envolvendo o pai dela, sua mãe e ela decidem começar uma vida na cidade onde sua mãe cresceu, mas no episódio piloto vemos que Veronica ver a chance da cidade de Riverdale com uma espécie de redenção, ou seja, começar de novo, esquecer o seu passado problemático de Nova Iorque para trás e se torna uma nova pessoa para ela mesma.
Jughead: é o lobo solitário da cidade, ou seja, o nerd isolado dos outros, e também o ex-melhor amigo de Archie, no começo do episódio-piloto da serie ele é o narrador personagem da serie, onde ele descreve todos os eventos estranhos que acontece em volta da cidade em que ele e seus amigos vivem.
Cheryl: é a irmã gêmea de Jason, elas junto com seu irmão eram o rei e a rainha da escola de Riverdale, e também que são os garotos de ouro da cidade, e porque também a família é uma das mais influentes da cidade, rica, popular e manipuladora, recentemente perdeu o irmão gêmeo no passeio de barco no verão da cidade no início do episódio-piloto.
Josie: Ela é líder da sua banda Josie e as Gatinhas que são bem conhecidas na cidade de Riverdale, e também Josie é uma garota ambiciosa, e também a filha da prefeita da cidade de Riverdale. 
Não só elenco juvenil se sai muito bem, como elenco adulto composto pelos atores veteranos de series juvenis dos anos 90, como Luke Perry (da serie adolescente Beverly Hills, 90210) que interpreta Fred - o pai de Archie, Mädchen Amick (a eterna Shelly Johnson da cultuada serie Twin Peaks) que interpreta Alice - mãe controladora de Betty e Marisol Nichols (das series Criminal Mids e Teen Wolf) interpreta Hermione – a mãe de Veronica, durante todo episódio piloto, eles mostraram seus talentos ao lado dos atores juvenis, e por isso que a serie têm ar de nostalgia porque ainda tinha atores das series juvenis dos anos 90, para dar aquele vimos na serie até agora.
E sobre o episódio-piloto os cenários da cidade se saíram muito bem, e ainda aquele ar de bons tempos, porque a fotografia da cidade de Riverdale lembrou os cenários da cultuada serie de mistério sobrenatural dos anos 90, Twin Peaks para aqueles que são da velha geração se lembram de dela, ainda mais os criadores da serie Riverdade tiveram a inspiração da serie Riverdale através de Twin Peaks, porque mostrou momentos na qual lembramos as cenas de mistério da clássica serie dos anos 90, e não só isso a ambientação e o clima vieram juntos com a inspiração e que deu esse ar de nostalgia para serie, e ainda a serie lembrou os momentos da famosa serie adolescente Dawson's Creek, mas com a junção de momentos de Twin Peaks, a versão televisiva dos quadrinhos do Archie ficou muito legal, e teve ótimos momentos mesmo que eles tenham sido meio devagar, mas como falei o episódio da serie foi semelhantes os episódios-pilotos das series Pretty Little Liars e Teen Wolf, que começaram da mesma forma que Riverdale, e hoje são duas grandes series que conquistaram o público adolescente e é verdade mesmo.
Claro que o clima de mistério começou em primeiro plano no início da serie, e podemos que a premissa da serie é dar uma versão mais adulta e sombria para os quadrinhos Archie, por exemplo, até tivemos o primeiro beijo gay no episódio de estreia que foi entre Betty e Veronica, e posso dizer que bem sexy e bastante ousado, mas a ideia da serie é trazer os quadrinhos que surgiram nos anos 40 para os tempos atuais, mas claro que a serie se passa nos dias atuais, mas têm muitas referências clássicas dos quadrinhos e das series dos anos 90 mencionados acima, e na verdade até tivemos um cena de casal gay encontrando o corpo neste episódio, e ainda a serie mesmo que tenha apresentado pouco no episódio de estreia, mas deu aquele ar de nostalgia para a velha e nova geração, e ainda o episódio-piloto seguiu o modelo de Eu Sei Que Vocês Fizeram no Verão Passado, ainda com mistério de assassinato em uma cidade pequena como Riverdale.
E ainda no mesmo episódio exploramos uma coisa que já foi vista muitas vezes em filmes e series adolescentes que é a o famoso Bullying, e ainda tivemos momentos de atualidade no episódio como os personagens usando telefones celulares e entre outras coisas e que não decepcionou nenhum o pouco.
E ainda o final do episódio-piloto é de tirar o fôlego porque quando descobre sobre o garoto desaparecido, o episódio termina em um clima de mistério, suspense e terror no ar que dar um ar de nostalgia de filmes adolescentes clássicos de mistério, suspense e terror, mas com esse final do episódio-piloto devemos dar uma chance a serie, porque nos mostrou que ela é capaz mesmo, e me conquistou em muitos aspectos de roteiro, personagens até as fotografias de cenário que deram grande homenagem aos clássicos adolescentes da década de 90, e trouxe uma nova versão surpreendente dos quadrinhos Archie. 
A adaptação televisiva é comandada por Roberto Aguirre-Sacasa, que já participou de muitas produções de teatro de sucesso de Nova Iorque, e ainda escreveu o roteiro de dois filmes que são do remake do ano de 2013, de Carrie – A Estranha e Assassino Invisível, por isso em todo o episódio de estreia da serie Riverdale podemos ver um tom mais dark do criador, e ainda essa não é a primeira serie adolescente em que ele trabalha porque ele trabalhou como produtor-executivo e roteirista da famosa serie adolescente Glee, e ainda têm a produção de Greg Berlanti (criador das series Arrow, The Flash, Supergirl e Legends of Tomorrow e é produtor da serie Blindspot), e ainda a trilha sonora da serie é de tirar o fôlego se forem escutar e vocês podem ver mais abaixo, mas primeiro vejam a descrição do episódio-piloto da serie Riverdale, ele foi dirigido pelo diretor Lee Toland krieger (diretor do filme O Segredo de Adalind) e o roteiro do episódio de estreia foi escrito por Roberto Aguirre-Sacaca que também escreveu os roteiros de dois episódios da serie Supergirl.
Vejam a trilha sonora da serie no primeiro episódio:









Vejam as prévias do segundo episódio:


Vejam a nota da serie abaixo:
Avaliação da serie:
Nota:8,4/10,0
E vejam as imagens da serie abaixo:
Resultado de imagem para Riverdale posters
Resultado de imagem para Riverdale posters
Resultado de imagem para Riverdale posters
Resultado de imagem para riverdale serie
Resultado de imagem para Riverdale The CW trailer
Resultado de imagem para Riverdale S01E01
Resultado de imagem para Riverdale S01E01
Cada novo episódio está disponível na NETFLIX de outros países 12 horas após a exibição original no canal aberto americano The CW, nos Estados Unidos.
Espero que gostem da nova postagem, e até a próxima, meus amigos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário